Aparelhos auditivos viram artigo fashion

Depois dos óculos de grau e dos aparelhos dentários, chegou a vez dos aparelhos auditivos entrarem no mundo fashion. Antes escondido a todo custo pelo usuário, o artigo agora aparece em versões descoladas, coloridas e modernas, para ninguém ter vergonha de mostrar: um banho de autoestima para quem precisa assumir a deficiência e um grande benefício para a saúde do paciente - já que, quanto mais cedo a surdez for tratada, melhor será a resposta aos aparelhos.

Algumas dessas novidades no ramo de aparelhos auditivos serão apresentadas na XI Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech 2012), que começa na quinta-feira, em São Paulo. Entre elas está um moderno aparelho com tecnologia wireless, que permite escutar músicas de um tocador de MP3 ou até mesmo falar ao celular sem estar com o telefone próximo à orelha. Há também modelos à prova d’água.

A cientista social Paula Pfeifer, de 30 anos, se diverte com as facilidades dos novos aparelhos. E acredita que essas propriedades ajudam o usuário a perder o receio de usá-los. Ela tem um modelo que se conecta via bluetooth com iPad, celular e TV. “Escuto música sem fio, é muito engraçado”, diz. Paula nasceu com a deficiência, mas só recebeu o diagnóstico aos 16 anos. Foram necessários mais de dez anos até que ela aceitasse os aparelhos.

As informações são do Jornal da Tarde.
 

 

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

Rui Carlos Ortega Filho - Doctoralia.com.br
ou preencha o formulário abaixo:

PRÉ-AGENDAMENTO

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar