Aparelho auditivo é alvo de preconceito

Aparelho auditivo é alvo de preconceito

15 milhões de brasileiros sofrem do problema

Pessoas com óculos nas ruas são muitos comuns. No entanto, ser adepto ao aparelho auditivo quando se constata que há uma dificuldade na audição é raro. Devido à escassez de informação e o preconceito da sociedade uma pessoa portadora de deficiência auditiva demora, em média, seis anos escolher utilizar o aparelho.

Somente 40% das pessoas que possuem problemas auditivos reconhecem que ouvem mal. No entanto, é necessário buscar a avaliação de um especialista assim que as dificuldades para ouvir forem constatadas. Baseado em testes, como o de audiometria, serão diagnosticados o tipo e grau da perda auditiva e será sugerido o tratamento mais adequado.

O fonoaudiólogo irá sugerir o aparelho adequado à condição do paciente e irá regulá-lo de forma que os sons sejam audíveis. Porém, existe um período de adaptação ao aparelho. Muitos pacientes passam anos sem ouvir determinados sons e se assustam quando começam a ouvi-los com clareza.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, mais de 15 milhões de brasileiros possuem problemas de audição, sendo que 12 milhões destes possuem mais de 65 anos. O alto índice de idosos com perda da audição se deve à presbiacusa, mudanças degenerativas naturais do envelhecimento.

O aparelho auditivo ainda é tido como uma punição perante a sociedade. "Infelizmente, muitas vezes, quando a pessoa procura tratamento o caso já está mais grave. A perda se dá de maneira lenta e progressiva e com o decorrer dos anos a deficiência atinge um estágio mais avançado", explica Isabela Gomes, fonoaudióloga do Centro Auditivo Telex. "Não há demérito algum em usar um aparelho auditivo. Atualmente existem modernos aparelhos, como os da marca Oticon, comercializados no Centro Auditivo Telex, com tecnologia digital, pequenos e quase imperceptíveis, que não ofendem a vaidade de quem usa. O aparelho com certeza contribui para melhorar a auto-estima e a qualidade de vida", 

Fonte : www.minhavida.com.br
 

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

ou preencha o formulário abaixo:

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar