Dia Mundial de Luta contra a Aids

 

Secretaria da Saúde mobiliza São Paulo para o Dia Mundial de Luta contra a Aids

A Secretaria Municipal da Saúde realiza nesta quinta-feira (1º/12) uma série de ações para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Entre as ações estão a distribuição de preservativos, testes rápidos de HIV e a afixação de um grande laço vermelho – símbolo da luta contra a Aids – na área externa do edifício Itália.

Para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado neste 1º de dezembro, um grande laço vermelho – símbolo da luta contra a Aids – será afixado na área externa do edifício Itália. O local também será um dos pontos de distribuição de preservativos e materiais informativos.

Essa iniciativa da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) partiu de um convite da Associação Brasileira de Municípios (ABM) e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids).

Este ano o foco da Campanha do Ministério da Saúde são os jovens, especialmente os gays e as mulheres. Em diversos locais da Cidade, haverá testagem rápida para diagnóstico do HIV.

A luta contra a Aids na cidade de São Paulo será lembrada também com o projeto Saúde Ilumina!. Desde ontem, o Monumento às Bandeiras, os arcos do viaduto do Chá, o Obelisco e a Ponte Estaiada serão iluminados de vermelho. “Esta é uma forma simbólica de reforçar a importância dos cuidados à saúde e os desafios frente a Aids e demais DSTs. O acesso ao diagnóstico precoce, aos preservativos e a todas as formas de prevenção é condição fundamental para o controle da doença. Embora os números demonstrem redução de novos casos, a Aids ainda não tem cura e há novas infecções  todos os dias”, afirma o médico Celso Galhardo Monteiro, coordenador do Programa Municipal de DST/Aids da Secretaria Municipal da Saúde.

No dia de hoje a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) será palco de uma das ações do Dia Mundial de Luta contra a Aids e sediará uma campanha de prevenção às DSTs/Aids, com a distribuição de 50 mil preservativos masculinos e 8 mil adesivos de vidro com o slogan “Juntos na Luta contra a Aids”.

O Poupatempo Itaquera também será ponto de realização de teste rápido, distribuição de preservativos e material educativo, além de orientação de profissionais de saúde.

Programa Municipal de DST/Aids

O Programa Municipal de DST/Aids acompanha, atualmente, 43.870 pacientes na Capital. Destes, 15.660 fazem uso de antirretrovirais.

Os serviços municipais especializados em DST/Aids atendem gratuitamente, de segunda a sexta, das 7h às 19h. A população pode realizar consultas, exames para hepatite, sífilis e HIV (metodologia convencional e rápida), além de retirar camisinhas, material educativo e kits de redução de danos para usuários de drogas injetáveis.

Confira a programação desta quinta-feira

Afixação do laço vermelho gigante na área externa do Edifício Itália

Local: Avenida São Luiz, 50

Horário: 10h às 12h30

Seminário de Pesquisas em DST/Aids no 1º andar do Edifício Itália, com apresentação de três pesquisas sobre DST/Aids no Município: Percepção Social da Aids no Município de São Paulo, Fatores que interferem na busca precoce e tardia do acompanhamento assistencial do usuário soropositivo para o vírus HIV e Avaliação da Transmissão Vertical do HIV no Estado de São Paulo. Distribuição de folders com dados epidemiológicos e da pesquisa de percepção da Aids na cidade de São Paulo, lacinhos vermelhos e preservativos nos arredores do edifício. Haverá distribuição de lacinhos vermelhos e preservativos aos presentes.

Campanha de Prevenção às DST/Aids na Ceagesp, com distribuição de preservativos masculinos por agentes e técnicos de prevenção do PM DST/Aids e Serviço de Assistência Especializada – Lapa e exposição de banner com o laço vermelho na torre do relógio.

Horário: das 9h às 16h.

Realização de testes rápidos para diagnóstico do HIV no Poupatempo Itaquera e divulgação dos serviços por agentes e técnicos de prevenção do PM DST/Aids e dos serviços da Zona Leste.

Divulgação de vinheta sobre prevenção às DST/Aids nas Redes Sociais do PM DST/Aids, na Rede São Paulo Saudável e nos televisores dos ônibus municipais. As vinhetas foram realizadas com o apoio da ONG Espaço de Prevenção e Atenção Humanizada (EPAH).

Fonte : http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=47705

 

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

Rui Carlos Ortega Filho - Doctoralia.com.br
ou preencha o formulário abaixo:

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar