Hipertireoidismo e hipotireoidismo: o que são?

O hipertireoidismo e hipotireoidismo são condições de alteração da tireoide. Essa é uma glândula localizada na base do pescoço, responsável pela produção de hormônios importantes para as atividades do organismo.

Quando existe uma produção anormal, que seja em excesso, chamamos de hipertireoidismo. Já quando a produção é menor, é o caso do hipotireoidismo.

A tireoide produz dois hormônios: a triiodotironina (T3) e tiroxina (T4). Eles regulam o metabolismo, determinando o uso e o armazenamento de energia, e são levados por meio da circulação do sangue para todas as partes do corpo.

O que é o hipertireoidismo?

No hipertireoidismo, a tireoide produz hormônios em excesso que fazem com que algumas atividades sejam mais rápidas, por exemplo: o coração bate mais rápido, o intestino solta, a pessoa fica mais agitada e dorme pouco.

Essa condição pode levar a outros problemas mais sérios, como batimentos cardíacos acelerados e irregulares, insuficiência cardíaca congestiva e osteoporose.

Causas do hipertireoidismo

Uma de suas maiores causas é a doença de Graves, uma doença autoimune na qual o sistema imunológico estimula a glândula tireoide a produzir hormônios em excesso. Ela pode ser hereditária, então é importante estar a par do histórico de saúde familiar.

Outras causas também podem ser a tireoidite (inflamação da tireoide), adenoma (nódulos que produzem hormônios) e o uso de alguns suplementos, como a Solução de Lugol.

Quais os sintomas do hipertireoidismo?

Os seus sintomas são:

  • Batimentos cardíacos acelerados, palpitação ou arritmia;

  • Intestino desregulado, diarreia e evacuações frequentes;

  • Perda de peso;

  • Aumento no apetite, principalmente por alimentos gordurosos;

  • Queda de cabelo;

  • Agitação, ansiedade e irritabilidade;

  • Dificuldades para dormir bem;

  • Suor em excesso;

  • Sensação de muita energia e cansaço ao mesmo tempo.

Como tratar o hipertireoidismo

O tratamento do hipertireoidismo pode ser realizado por meio de medicamentos que regulam a produção de hormônios. Entretanto, o acompanhamento médico é necessário, pois alguns medicamentos podem levar ao hipotireoidismo. Também pode ser feita a terapia com iodo radioativo, que destrói as células da tireoide 

Em alguns casos também pode ser indicada a cirurgia de tireoidectomia, que é a retirada da glândula tireoide, podendo ser total ou parcial.. É importante o diagnóstico completo com um especialista de confiança para ter um tratamento correto.

O que é o hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é caracterizado pela baixa produção de hormônios da tireoide, o que compromete as funções de todo o corpo. Cansaço excessivo, aumento de peso, diminuição de batimentos cardíacos e queda de cabelo são alguns dos sintomas.

Quais as causas do hipotireoidismo?

A causa mais comum é a Tireoidite de Hashimoto, uma doença autoimune que faz os anticorpos atacarem a glândula tireoide, prejudicando o seu funcionamento. 

Outras possíveis causas também são a deficiência de iodo (bócio) e uso medicamentos.

Conheça os sintomas do hipotireoidismo

No hipotireoidismo, os sintomas podem aparecer ao longo dos anos. São eles:

  • Batimento cardíaco mais lento;

  • Mau funcionamento intestinal;

  • Comprometimento do crescimento - principalmente em crianças e jovens;

  • Dificuldade na concentração e redução da memória;

  • Cansaço, fraqueza, sonolência e desânimo;

  • Dores de cabeça, musculares e nas articulações;

  • Unhas fracas, queda de cabelo e pele áspera; 

  • Irregularidade na menstruação e infertilidade;

  • Grande sensibilidade ao frio;

  • Ganho de peso sem causa aparente;

  • Colesterol elevado.

Como fazer o tratamento do hipotireoidismo

O tratamento pode durar toda a vida e é feito por meio da reposição de hormônio tireoidiano indicado pelo endocrinologista.. 

Previna-se!

O hipertireoidismo e hipotireoidismo podem afetar a qualidade de vida dos pacientes e causar complicações mais graves. Por isso, é importante realizar exames de check-up da tireoide regularmente e, ao sinal de qualquer sintoma, consultar um endocrinologista de confiança.

A Clínica Regina Ortega e seus profissionais estão prontos para te atender!

Dra. Regina Stela Roland Ortega

Otorrinolaringologista

CRM/SP 33487 / RQE 8904

 

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

ou preencha o formulário abaixo:

PRÉ-AGENDAMENTO

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar