Entenda a sinusite

A sinusite consiste na inflamação das mucosas dos seios paranasais, também conhecidos como seios da face. Essa inflamação é resultado de alterações anatômicas que impedem a drenagem da secreção, bem como infecções virais provocadas pelo vírus Influenza, por isso é muito comum que a sinusite se manifeste nos quadros gripais. 

Também chamada de rinossinusite, pode surgir pelo desenvolvimento de bactérias nas secreções nasais que ficam presas no interior dos seios nasais, como acontece em quadros após alergias.

Quatro seios paranasais: o que são?

Os quatro seios paranasais, ou seios da face, são bilaterais e simétricos, sendo ligados à cavidade nasal por pequenos orifícios por onde é drenado o muco. A impossibilidade de escoar o muco produzido leva à congestão dos seios e, consequentemente, à sinusite.

A sinusite pode acometer qualquer um dos quatro seios paranasais, podendo ser bilateral, quando afeta seios dos dois lados; ou unilateral, quando afeta apenas os seios nasais de um do lado do rosto.

Classificação da sinusite

A sinusite pode ser classificada de acordo com a duração dos sintomas. São elas:

  1. Sinusite aguda: dura menos de 4 semanas, sendo principalmente provocada por vírus.

Os sintomas da sinusite aguda são:

  • Alergia respiratória alta (afeta as vias aéreas superiores);

  • Infecção por vírus (gripe ou resfriado); 

  • Infecção por bactérias.

        2. Sinusite crônica : quando dura mais de 12 semanas, sendo mais comum ser produzida por bactérias. Ela também pode ser classificada como aguda recorrente quando acontecem 4 ou mais episódios em um ano.

Quais são os sintomas da sinusite crônica? Descubra os múltiplos fatores:

  • Exposição à poluentes, tabaco e inalantes químicos;

  • Alterações anatômicas, como desvio do septo nasal ou estreitamento da cavidade nasal;

  • Fatores sistêmicos: alergia, redução da imunidade;

  • Asma, bactérias e fungos.

Lembrando que as sinusites bacterianas que não são completamente curadas podem progredir para o quadro de sinusite crônica. 

Diagnóstico da sinusite

O diagnóstico da sinusite acontece pelo exame clínico, ou seja, pela conversa do médico com o paciente. Na consulta com o otorrinolaringologista, ele irá investigar os sintomas que o paciente está sentindo, quando eles começaram, se possui algum tipo de alergia respiratória e outros problemas de saúde.

Outra parte do diagnóstico consiste no exame físico, no qual o otorrino avalia os seios nasais, olhos, ouvidos e garganta. 

Se necessário, o médico poderá solicitar alguns exames para confirmar o diagnóstico, como exame de imagem por Tomografia Computadorizada (TC), que permite a visualização da área nasal do paciente.

Tratamento

O tratamento para a sinusite geralmente é feito com o uso de medicamentos, tais como: sprays nasais para alívio da sensação de nariz entupido; antigripais para alívio da sensação de pressão no rosto e para dor de cabeça, bem como antibióticos orais prescritos em casos de sinusite bacteriana. 

Os casos de sinusite alérgica geralmente são os mais difíceis de tratar, porque muitas vezes é difícil identificar o que está causando a alergia. Nesses casos, é comum que a pessoa fique com uma sinusite crônica, que acontece quando os sintomas duram por mais de doze semanas.

Rinite pode virar sinusite?

Você sabia que se a rinite não for tratada corretamente, pode evoluir para uma sinusite? Isso ocorre pela inflamação do nariz provocada pela rinite que passa a ser porta de entrada para bactérias causadoras da sinusite.

Como tratar a rinite, para que não se torne uma sinusite? Ou também, como cuidar da sinusite, caso você apresente os sintomas citados no artigo?

O profissional responsável pelo diagnóstico e tratamento desses problemas é o otorrinolaringologista. Por isso, procure por esse médico!

 

Dra. Regina Stela Roland Ortega

Otorrinolaringologista

CRM/SP 33487 / RQE 8904

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

ou preencha o formulário abaixo:

PRÉ-AGENDAMENTO

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar