Rinite alérgica: causas, sintomas e tratamento

Espirros, coriza e lacrimejamento dos olhos são alguns dos sintomas da rinite alérgica. O problema acontece porque algumas partículas inaladas são consideradas estranhas pelo corpo, o que leva a reação imunológica marcada pelos sintomas citados. 

Apesar de não ser uma condição grave, é bastante incômoda, e as crises recorrentes podem gerar prejuízos à qualidade de vida do indivíduo afetado. 

Continue a leitura para saber mais sobre a rinite alérgica, suas causas, sintomas e tratamento. 

O que é rinite alérgica?

A rinite alérgica é uma reação estranha do corpo a partículas inaladas. O distúrbio é marcado pela inflamação das mucosas do nariz, que é porta de entrada para inspirarmos o ar e substâncias carregadas por ele.

No caso da alergia, o indivíduo responde de forma exagerada aos alérgenos, ativando o sistema imunológico em uma tentativa de defesa. 

Embora muitos fatores possam ser considerados, quando se trata das causas da rinite alérgica, o seu componente genético merece destaque. Prova disso é que quando ambos os pais têm rinite, a chance de os filhos terem o problema chega a 50%. 

Na maioria das vezes, a primeira crise ocorre ainda na infância, assim que a criança entre em contato com o alérgeno. Contudo, é comum também que surja mais tarde, mesmo após contatos inofensivos anteriores. 

Elementos alérgenos

Os elementos alérgenos nada mais são do que as substâncias que induzem a reação alérgica em pessoas predispostas a hipersensibilidade. Os mais comuns no caso da rinite alérgica são: 

  • Ácaros;

  • Poeira;

  • Fungos;

  • Plantas que soltam substâncias alérgicas;

  • Mofo;

  • Alguns alimentos.

Sintomas de rinite alérgica

A condição causa irritação no nariz, na boca, nos olhos, na garganta, e na pele, embora esta última seja menos comum.

Dentre as principais manifestações clínicas da rinite alérgica podemos citar:

  • Espirros;

  • Coriza;

  • Problemas com odores;

  • Lacrimejamento nos olhos;

  • Coceira na garganta, nos olhos e no ouvido.

Tais sintomas tendem a aparecer logo após o contato com o alérgeno, mas além desses, podem surgir com o decorrer do tempo: 

  • Congestão nasal;

  • Tosse;

  • Diminuição da audição e diminuição do olfato;

  • Dor de garganta;

  • Olhos inchados;

  • Cefaleia.

Tratamento

Atualmente, temos boas opções de tratamento para quem sofre com rinite alérgica. Veja só quais são as terapêuticas mais indicadas. 

Higiene ambiental

Sem dúvidas, a forma mais simples de tratar a condição. Como vimos, a maioria dos desencadeadores de crise tem relação com a higiene ambiental. Quem tem alergia, deve manter-se distante da substância que desencadeia os sintomas, por isso, cuidar do ambiente ao seu redor é uma ótima maneira de evitar crises. 

Limpe bem o ambiente, de preferência usando aspirador e panos molhados, evite usar carpetes e cortinas que acumulem ácaros e garanta que sua casa esteja sempre ventilada.

Medicamentos

Os medicamentos antialérgicos geralmente são recomendados para minimizar os sintomas, bem como descongestionantes nasais e corticosteróides. Contudo, só devem ser utilizados sob prescrição médica, já que apresentam risco de efeitos colaterais.

Existe vacina para rinite alérgica?

Não só existe, como a imunoterapia é uma das melhores opções de tratamento para quem sofre com rinite alérgica. O tratamento é mais longo, mas é eficiente na redução da sensibilidade aos alérgenos.

Em geral, a vacina só é indicada em casos mais graves, que não respondem bem aos outros tratamentos. 

A Clínica Regina Ortega atua há vários anos no tratamento da rinite alérgica por meio da imunoterapia com vacinas alergênicas, combatendo a causa e não apenas os sintomas alérgicos. 
Entre em contato e agende uma consulta com nosso otorrinolaringologista especialista!

 

Responsável Técnica: Dra Regina Stela Roland Ortega Otorrinolaringologista -CRM/SP 33487 - RQE 8904

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

Rui Carlos Ortega Filho - Doctoralia.com.br
ou preencha o formulário abaixo:

PRÉ-AGENDAMENTO

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar