Mulheres explicam melhor sua perda auditiva que os homens

 

As mulheres são duas vêzes mais propensas para falar aos outros sobre seus desafios voltados para a audição, e de como perda auditiva influencia sua habilidade de comunicação, revela estudo americano.

Mulheres explicam melhor sua perda auditiva que os homens

As mulheres, com perda auditiva, são mais propensas que os homens para explicar sobre sua enfermidade para outros, de modo que, isso também ajuda no estímulo da comunicação. Na verdade, as mulheres são duas vêzes mais propensas, que os homens, para relatarem às pessoas, não só sobre seus desafios auditivos, mas também como ajudá-las. Esse é o resultado de um estudo que envolve 337 participantes dirigido por uma clínica de audição, em Massachusetts, nos Estados Unidos.

Uma entre três raramente revela sua perda auditiva

Em geral, um pouco mais de um terço dos participantes afirmaram que raramente eles falam para outras pessoas acerca de perda auditiva, enquanto que 14% compartilham a informação com as todas as pessoas, na maioria das vêzes.  

As pessoas seriam o dobro mais propensas a engajar-se em conversas, acerca de perda auditiva, se elas tivessem tentado antes e encontrado apoio e adaptação, revela estudo.

A gravidade de perda auditiva não parecia influenciar o fato de como as pessoas decidem encobrir a enfermidade para outros.

Homens preferem encobrir

O estudo conclue que os homens encontravam-se numa posição contrária às mulheres que revelavam, diretamente, a perda auditiva sem nenhum artifício, e de como isso influenciava sua habilidade de comunicação ou de como outros poderiam ser ajudados.

As autoras do estudo Jessica West e Konstantina Stankovi, colegas da universidade de Harvard e Massachusetts, Harvard University and Massachusetts Eye and Ear in Boston, nos Estados Unidos, explicaram que a atitude da mulher é melhor porque pode limitar os impactos negativos de perda auditiva, na vida dos pacientes.

“Essa estratégia irá melhorar a comunicação das pessoas com uma simples explicação clara  de perda auditiva, embora destacando os meios pelos quais as pessoas podem ajudar alguém com perda auditiva a ouvir melhor,”  afirmaram West e Stankovic.

O estudo foi publicado pela revista Ear and Hearing.

Fonte:www.uk.reuters.com

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

ou preencha o formulário abaixo:

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar