Gripes e Resfriados

 

TEMA DA NEWSLETTER | Edição I - Outubro de 2011

 

Todas as infecções das vias aéreas (gripes, resfriados, amigdalites, otites, bronquites e sinusites) são mais comuns no inverno, mas costumam se estender até meados de outubro. De forma geral, são agravadas pelo acúmulo de poluição na atmosfera, além do clima frio e seco. Se não forem tratadas corretamente, podem reincidir.

Isso ocorre quando o microorganismo não foi totalmente destruído no tratamento, o que possibilita a sua nova ação. Assim, é comum um paciente parecer estar totalmente curado e bem de saúde, mas volta a ficar doente logo. Esse quadro é acentuado caso a pessoa apresente um quadro de baixa resistência a infecções.

Qual a diferença entre gripe e resfriado?

A doença mais comum no inverno é a Gripe, todos acham que estão “gripados”, contudo muitas pessoas confundem Gripe com Resfriado. Ambas causam coriza (secreção) e obstrução nasal, dor de garganta, cansaço e, às vezes, febre passageira. A real diferença entre elas é que os resfriados causam complicações respiratórias leves em qualquer época do ano. Já as gripes ocorrem mais frequentemente no inverno, com sintomas mais intensos, como falta de apetite, dores musculares, tosse, rouquidão e mesmo dor de cabeça. Geralmente, os resfriados duram de três a sete dias, enquanto as gripes podem se estender por até duas semanas.

Existe tratamento para gripes?

De uma forma geral, recomendam-se atitudes de prevenção com relação à gripe, uma vez que, sendo um vírus, são comuns as mutações, portanto a cada ano laboratórios fazem novos estudos para a fabricação da vacina. Vale lembrar que existem cerca de 200 vírus diferentes de gripe.
Ainda assim, as vacinas são consideradas pelos médicos especialistas a melhor prevenção contra a Gripe, mas vale ter em conta que a eficácia da vacina varia de 70% a 90% contra a gripe e pode chegar a 70% na prevenção de complicações decorrentes da infecção, tais como pneumonias e otites, entre outras, contudo é necessária a aplicação anual para imunização. Procure seu médico otorrinolaringologista, que saberá orientá-lo corretamente sobre as providências as serem tomadas para prevenção.

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

Rui Carlos Ortega Filho - Doctoralia.com.br
ou preencha o formulário abaixo:

PRÉ-AGENDAMENTO

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar