Na volta as aulas, os pais devem ficar atentos para alguns detalhes sobre a saúde de seus filhos.

Na volta as aulas, os pais devem ficar atentos para alguns detalhes sobre a saúde de seus filhos como base para garantir um bom aprendizado e rendimento escolar. A criança que está se matriculando em uma escola deve fazer um check-up básico com relação a alguns exames e consultas em determinados especialistas, rotina esta que algumas escolas adotam no início do ano.

          Que tipos de exames e consultas os pais devem procurar para que seus filhos possam iniciar o ano letivo sem preocupações.

          Primeiramente é importante que a criança faça um exame de audiometria, que é o exame da audição, que tem como objetivo principal verificar se a audição está dentro dos limites de normalidade testando cada orelha separadamente, já que existem casos de perdas auditivas unilaterais, ou seja, somente em uma orelha. Crianças que escutam TV ou som alto, pedem sempre para repetir o que foi dito, perguntam muito “o que?”, entendem uma palavra ao invés de outra, apresentam trocas na fala, são crianças que podem ter um pequena perda auditiva que pode ocasionar dificuldades na escola.

 A audição é a base para a nossa comunicação oral e também a base para a escrita, já que a criança quando está aprendendo a escrever, primeiramente ela escuta alguém falar, depois repete a palavra e só então escreve da maneira que ouviu e repetiu. A avaliação da audição é muito importante nesta fase de aprendizagem da escrita, pois a criança para escrever faz apoio na oralização, ou seja, ela escreve da forma que fala e se ela estiver falando errado ou escutando pouco, isso pode prejudicar o seu rendimento escolar. Por isso, a necessidade de realizar o exame de audiometria que algumas escolas solicitam aos pais no ato da matrícula.

          Outro exame que é de fundamental importância é o exame oftalmológico, ou seja, o exame da visão, que tem como finalidade avaliar a visão de cada olho separadamente verificando então se a acuidade visual está dentro de padrões de normalidade. O exame visual é muito necessário para que a criança possa enxergar tudo de forma clara e perfeita daquilo que é mostrado em sala de aula, como por exemplo: letras, números, frases, desenhos... Quando a criança apresenta alguma deficiência visual, mesmo que mínima, pode acarretar em dificuldades em copiar, na leitura, na atenção e na memória visual, ocasionando muitas vezes desinteresse pela escola e principalmente pela leitura. Algumas escolas já exigem no ato da matrícula esses dois exames, pois, atualmente, as escolas se preocupam com a saúde da criança como um pré-requisito para a aprendizagem.

          Outro tipo de consulta que não pode deixar de ser realizada é a consulta com um fonoaudiólogo. É interessante levar a criança para fazer uma avaliação fonoaudiológica, principalmente do padrão de fala da criança. Crianças com idade até 4 anos, geralmente apresentam algumas trocas na fala que são compatíveis para a faixa etária. Após 4 anos de idade a criança já deve falar corretamente todos os fonemas da língua portuguesa. Assim é importante a visita ao fonoaudiólogo para verificar se a criança está com a fala dentro dos padrões de normalidade, pois durante o processo de alfabetização, a criança usa um artifício chamado ‘apoio na oralização’, ou seja, a criança escreve da maneira que fala. Se ela estiver falando errado ou trocando letras ao falar, é bem provável que ela vá escrever da mesma forma que fala e isso faz uma grande confusão no processo de alfabetização da criança, pois ela fala uma letra, mas na verdade tem que escrever outra letra, dificultando assim a aprendizagem escolar.

Esses exames são simples e rápidos que devem ser realizados anualmente a fim de acompanhar o desenvolvimento escolar e a saúde dos seus filhos. A rotina do exame audiométrico, oftalmológico e avaliação fonoaudiológica devem ser realizadas periodicamente já que em alguns casos de alteração auditiva como visual podem aparecer de um ano para o outro. Já a parte fonoaudiológica também deve ser consultada, pois algumas crianças depois que iniciam a alfabetização apresentam, trocas na escrita mesmo falando corretamente. Esse tipo de problema deve ser tratado o mais breve possível para que a crianças não fique desmotivada aos estudos.

fonte :http://www.folhadaterranet.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=828:volta-as-aulas-o-que-conferir&catid=244&Itemid=553

 

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

ou preencha o formulário abaixo:

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar