21 de Junho - Dia Nacional de Combate à Asma

Asma: o ideal é que se trate entre as crises.

Carpetes,cortinas, casa pouco iluminada. Um verdadeiro paraíso para os ácaros e um drama para crianças e adultos com asma – doença inflamatória crônica, que causa falta de ar, chiado no peito e cansaço. Durante uma crise de asma, a pessoa sofre com uma falta de ar tão angustiante que leva ao desespero. A doença não tem cura, mas há tratamento para controlá-la. Existem dois tipos da doença: a alérgica e a não alérgica, ou seja, a pessoa pode desencadear a asma somente em situações específicas, como na gripe.

Segundo a pneumologista e responsável pelo Ambulatório de Asma do Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, Silvana Elena Romano, a doença também pode ser emocional. “Isso é muito comum em adolescente com asma. Quando ele vai fazer uma prova, acaba desencadeando uma crise porque está nervoso quando irá realizar a avaliação”, explica.

O tratamento da asma é feito com remédios antiinflamatórios e com broncodilatadores inalatórios, as populares bombinhas. “O mais importante é não deixar o paciente entrar em crise. Recebo muitos pacientes que nunca se trataram e só se tratam nas crises. Asma não se trata nas crises e, sim, entre as crises, para que o paciente não chegue a ela. Porque, à medida que ele não trata, a doença piora. Então, a medicação que estamos usando atualmente é a de longa duração: os broncodilatadores, os corticóides de longa duração, que têm uma rápida ação de 15 a 20 minutos e durabilidade de três a quatro horas”, ressalta Silvana.

A pneumologista Silvana indica que os pacientes com asma realizem atividades físicas. “O paciente asmático deve fazer exercício físico quando a doença está controlada. Qualquer exercício para asmático é bom. É mito dizer que natação é a única mais indicada. Tem pessoas que detestam água. Por isso, tem que fazer o que gosta e que se sinta bem: caminhada, bicicleta, natação, alongamento e pilates, por exemplo”, diz. Ela destaca, ainda, que pode acontecer de a asma se originar durante a atividade física, e que a orientação é o uso do broncodilatador antes do exercício.

A fisioterapeuta Taynara de Almeida sofre de asma desde criança. Ela tem alergia a ácaro, poeira, pêlos e ar condicionado. Já fez tratamento medicamentoso e agora controla a doença com broncodilatadores duas vezes ao dia. Ela diz que a maior dificuldade que encontra por causa da doença é justamente na realização de atividades físicas. Ela destaca que encontrou na fisioterapia a melhora do seu condicionamento físico. “Eu não tenho um condicionamento tão bom quanto uma pessoa que não tem asma. Eu não consigo correr, por exemplo, percursos longos, pois já me cansa, principalmente na época do frio, da seca. E aí a fisioterapia me ajudou a aumentar o condicionamento físico cardiopulmonar, porque trabalho meus batimentos cardíacos e com isso consigo ter um condicionamento maior”, explica.

Taynara afirma que, na maioria das crises, precisa correr para uma Unidade Básica de Saúde com urgência. “Nas minhas crises, sempre corri para o Sistema Único de Saúde (SUS) e não tenho o que reclamar. Sempre fui atendida de forma rápida, nem passando pela triagem, porque quem está com crise de asma tem prioridade”, destaca.

Pacientes que sofrem de asma vão poder retirar de graça três remédios para a doença no Farmácia Popular. Antes, o paciente retirava os remédios com até 90% de desconto, mas agora eles são de graça. No Brasil cerca de 7% da população sofre de asma, bronquite asmática ou bronquite crônica. Os remédios de graça no Farmácia Popular fazem parte da Ação Brasil Carinhoso, lançando nesta semana pela Presidenta da República, Dilma Rousseff. Devem ser beneficiados até 800 mil pacientes por ano.

A Clínica Regina Ortega atua há vários anos no tratamento de alergias, com destaque para as respiratórias como rinite alérgica, asma (ou bronquite alérgica,ou bronquite asmática), através de imunoterapia com vacinas alergênicas, combatendo a causa e não apenas os sintomas alérgicos.

Fonte : http://www.blog.saude.gov.br/asma-o-ideal-e-que-se-trate-entre-as-crises-diz-especialista/

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

ou preencha o formulário abaixo:

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar