Motociclistas correm maior risco de perda auditiva definitiva

Motociclistas correm maior risco de perda auditiva definitiva

Uma investigação conduzida pelo Instituto Nacional de Surdez e Doenças da Comunicação, dos Estados Unidos, conclui que, em média, uma moto emite um ruído na ordem de 95 decibéis (dB), ou seja, quase o dobro do máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é 55 dB.

Este facto torna os motociclistas com risco elevado de alterações na estrutura interna do ouvido e perda permanente de audição, sendo que a situação se agrava quanto maior for o barulho causado pelo veículo e, também, o tempo de exposição.
 
“Esta investigação norte-americana lança um novo alerta sobre uma população muito específica, os motociclistas, que são, na sua maioria, jovens, que ao estarem expostas a níveis de ruído tão intensos e de uma forma tão precoce, põem em risco a sua capacidade auditiva para toda a vida”, explica Pedro Paiva, Audiologista da MiniSom.
 
A perda de audição induzida por ruído é a principal causa de perda auditiva na população portuguesa. Esta situação é definitiva e, como tal, irreversível. Para além de perda auditiva irreversível, a exposição prolongada ao barulho pode originar outros problemas de saúde, como por exemplo, problemas do foro psicológico ou doenças cardiovasculares.F

Fonte : http://noticias.portugalmail.pt/artigo/20120514/motociclistas-correm-maior-risco-de-perda-auditiva-definitiva 

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e fique informado!

Desenvolvido por Fábrica de Tempo

Marcação de consulta Online

Rui Carlos Ortega Filho - Doctoralia.com.br
ou preencha o formulário abaixo:

PRÉ-AGENDAMENTO

  • Etapa 1
  • Etapa 2
cancelar CONTINUAR

Informações de exames: (escolha primeiro se é particular ou convênio)

cancelar